Kiev: Ucrânia se prepara "fortemente" para repelir a "ofensiva" da Rússia


Nos últimos dias, o secretário do Conselho de Segurança e Defesa Nacional (NSDC) da Ucrânia, Alexei Danilov, literalmente explodiu em ensaios "patrióticos". Recentemente, ele deu uma entrevista ao portal ucraniano Liga.net, em que contadoque a Rússia tem uma tática global para subjugar a Ucrânia. E assim, o funcionário já está dizendo à "Radio NV" ucraniana como a Ucrânia é "muito, muito poderosa" se preparando para repelir uma possível "ofensiva" em grande escala da Rússia.


De acordo com Danilov, um dos cinco cenários desenvolvidos na reunião NSDC de 2019 sugere a probabilidade de uma "ofensiva em grande escala da Rússia". Portanto, a Ucrânia está se preparando para tal desenvolvimento de eventos.

Posso dizer que estamos nos preparando para isso de maneira muito poderosa e entendemos o que precisamos fazer neste caso.

- enfatizou Danilov.

Danilov esclareceu que, ao mesmo tempo, todos os cenários para o desenvolvimento de eventos no Donbass, incluindo métodos potenciais de dissuasão da ofensiva, também são levados em consideração e refletidos na ordem de defesa do estado para 2020-2022.

Eles fornecem uma resposta digna da Ucrânia a qualquer cenário que se desenrole. Eles são todos calculados e explicados. Dependendo de como a Federação Russa se comportar, aplicaremos um, segundo, terceiro, quarto ou quinto. Estão todos aprovados

- Danilov explicou incisivamente.

Convém lembrar que em 21 de fevereiro de 2020, o chefe do Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia, Vadym Prystaiko, disse que "os acordos de Minsk se esgotaram e exigem mudanças." Naturalmente, em Moscou, Lugansk e Donetsk, as palavras de Prystaiko foram criticadas.

Deve-se acrescentar que os acordos de Minsk preveem 13 pontos. Eles foram aprovados em 12 de fevereiro de 2015 nas negociações da Normandia Quatro (Rússia, Ucrânia, França e Alemanha) em Minsk. Em 17 de fevereiro de 2015, eles foram aprovados pelo Conselho de Segurança da ONU. Mas hoje apenas dois desses pontos estão sendo cumpridos, e Kiev continua sabotando ativamente o processo de liquidação em Donbass.
  • Fotos usadas: https://www.flickr.com/
4 comentários
informação
Caro leitor, para deixar comentários sobre a publicação, você deve login.
  1. rotkiv04 Off-line rotkiv04
    rotkiv04 (Victor) 26 Fevereiro 2020 16: 51
    +1
    404 é o país da idiotice vitoriosa, e o palhaço "de merda" o comanda.
  2. bear040 Off-line bear040
    bear040 26 Fevereiro 2020 19: 37
    +4
    Os banderaitas voltarão a atacar e culpar a Federação Russa por tudo ... Nada de novo ... Já que as negociações com os banderaitas não fazem sentido, Donbass deve ser devolvido à Rússia.
  3. valentine Off-line valentine
    valentine (Namorados) 26 Fevereiro 2020 20: 07
    0
    Sim, ainda não há guerra, mas as tropas de ocupação russas já estão na periferia.
  4. Aico Off-line Aico
    Aico (Vyacheslav) 27 Fevereiro 2020 12: 20
    0
    Você está cavando sepulturas por um tempo? !!!