Por que a OTAN ainda teme o cruzador Marechal Ustinov


O cruzador de mísseis da Frota do Norte "Marshal Ustinov" recebeu a taça de desafio do Comandante-em-Chefe da Marinha. O navio de combate, projetado e construído na URSS, recebeu o apelido de "matador de porta-aviões" e, apesar de sua considerável idade, ainda suscita preocupações na Marinha americana.


Inicialmente, os cruzadores do projeto 1164 Atlant, ao qual pertence o marechal Ustinov, foram criados para conter grupos de ataque de porta-aviões. As aeronaves baseadas em porta-aviões de tais formações de combate forneciam proteção para porta-aviões a uma distância de até 800 km.

Ao mesmo tempo, o "Atlanta" estava equipado com 16 lançadores P-500 "Basalt", cujos mísseis podiam atingir um alvo a uma distância de 1000 km. Ao mesmo tempo, o projétil desenvolvia velocidade de Mach 2,56 e contava com equipamentos de defesa antiaérea a bordo, o que garantia a entrega quase garantida da ogiva ao alvo.

Os mencionados lançadores também possuíam equipamento nuclear, o que "complicou ainda mais a vida" de um inimigo potencial. O Projeto 1164 "Atlant" previa a criação de 10 navios, mas o destino decretou o contrário.

Na época do colapso da União Soviética, apenas três cruzadores estavam em serviço: "Moscou", "Varyag" e "Marechal Ustinov". Ao mesmo tempo, os navios de guerra não perderam sua relevância e continuam sendo uma séria ameaça aos grupos de porta-aviões inimigos.

Os Atlantes modernos foram equipados com mísseis P-1000 Vulcan mais avançados e, no futuro, os navios poderão obter Calibre ou mesmo Zircão. Além disso, armas mais poderosas de defesa aérea e anti-submarino estão instaladas nos cruzadores, cobrindo profundidades de até 500 metros (a profundidade máxima de um submarino nuclear da classe Virginia não excede 480 metros).

No geral, o cruzador continua sendo uma arma de guerra eficaz que a OTAN temia. Isso foi claramente demonstrado pelo marechal Ustinov nos mares do Norte e da Noruega, de onde nosso navio “educadamente expulsou” o esquadrão da OTAN.

  • Fotos usadas: Ministério da Defesa da Federação Russa
1 comentário
informação
Caro leitor, para deixar comentários sobre a publicação, você deve login.
  1. O comentário foi apagado.
  2. iv.viktor Off-line iv.viktor
    iv.viktor (VENCEDOR) 3 March 2021 21: 57
    0
    Quando li "Warship", terminei de ler imediatamente. Só há uma pergunta:

    ... A OTAN ainda teme o cruzador Marechal Ustinov

    - eles te contaram ou você mesmo decidiu?