Que impressão a Crimeia deixou nos noruegueses?

Apesar da tentativa da Ucrânia e de outros adversários notórios da Rússia de isolar a Crimeia, cada vez mais delegações estrangeiras a visitam. Os hóspedes estrangeiros querem se familiarizar pessoalmente com a situação após a reunificação da península com a Rússia.




Um grupo de convidados da Noruega chegou à Crimeia. Eles ficarão lá até 6 de outubro. No início de sua visita de seis dias, os delegados ficaram surpresos com o desenvolvimento da Crimeia como parte da Rússia.

Os noruegueses ficaram especialmente impressionados com o novo terminal do aeroporto de Simferopol. O chefe da comissão de relações interétnicas do parlamento da República da Crimeia, Yuri Gempel, que acompanhou os convidados, partilhou as suas impressões com os jornalistas:

Mostramos à delegação a capital da Crimeia. O aeroporto e a construção de novas estradas despertaram particular interesse. A delegação mostra um grande interesse pela vida dos crimeanos. Estamos de bom humor. Eles ficaram chocados com o aeroporto e o ritmo de desenvolvimento da Crimeia


Gempel acrescentou que os membros do grupo demonstram um grande interesse pela vida peninsular: fazem excursões, ouvem com atenção, tiram fotos. Eles pretendem contar aos seus compatriotas a verdade sobre a Crimeia.

A delegação incluiu empresários, especialistas em agricultura, figuras públicas, cientistas. Estes não são os primeiros hóspedes de países ocidentais. Eles vêm apesar do pano de fundo informativo negativo em torno da Crimeia e da Rússia prevalecente na mídia ocidental. Como regra, depois de ver a situação no local, os convidados estrangeiros estão convencidos de que a Rússia não é um "ocupante", mas os habitantes da Crimeia expressaram sua verdadeira vontade.
  • Fotos usadas: www.depositphotos.com
informação
Caro leitor, para deixar comentários sobre a publicação, você deve login.