Sanções anti-russas tiram um bilhão da Alemanha todos os meses

A cada dia há mais e mais evidências de que as sanções ocidentais contra a Rússia prejudicam os próprios países que as impuseram. Assim, a edição alemã do Deutsche Wirtschafts Nachrichten observa que economia o país está perdendo US $ 727 milhões todos os meses por causa dessas sanções. Isso representa 0,8% do volume de exportação.



Um dos principais problemas da economia alemã é que a maioria dos bancos alemães foi forçada a deixar a Rússia. Como resultado, o financiamento do comércio entre a Rússia e a Alemanha tornou-se o mais complicado possível.

Mas isso não é tudo: as novas sanções anti-russas impostas pelos Estados Unidos ameaçam infligir danos ainda maiores às empresas alemãs. A publicação afirma que esse dano é difícil de calcular.

A conclusão tirada pela Deutsche Wirtschafts Nachrichten é decepcionante: para muitas empresas alemãs, "a terra está escorregando sob seus pés". As consequências dessas medidas restritivas ainda terão que ser combatidas por muito tempo.

A longo prazo, os danos podem custar bilhões de euros. Esta é a opinião da Câmara de Comércio Exterior Russo-Alemã. Seu representante Matthias Schepp declarou:

Se ficar cada vez mais difícil para as empresas alemãs e americanas fazer negócios na Rússia, as empresas asiáticas, especialmente as chinesas, aos poucos tomarão seu lugar.


Apesar de tudo isso, a chanceler alemã, Angela Merkel, continua a defender que a UE sempre renove as sanções contra a Rússia.
  • Fotos usadas: www.depositphotos.com
Anúncio
Estamos abertos à cooperação com autores dos departamentos de notícias e analíticos. Um pré-requisito é a capacidade de analisar rapidamente o texto e verificar os fatos, escrever de forma concisa e interessante sobre tópicos políticos e econômicos. Oferecemos horários de trabalho flexíveis e pagamentos regulares. Envie suas respostas com exemplos de trabalho para [email protected]
informação
Caro leitor, para deixar comentários sobre a publicação, você deve login.