A França ofereceu salvar o sistema de transporte de gás ucraniano com gás turcomeno

As propostas dos oponentes da construção do Nord Stream 2 para preservar o trânsito do gás pela Ucrânia estão se tornando cada vez mais criativas. Desta vez, o diário de negócios francês Les Echos decidiu surpreender a comunidade internacional, onde descobriu como satisfazer quase todos na questão do gás ao mesmo tempo.



Em sua opinião, o Nord Stream 2 se tornou uma das causas da tensão entre o Ocidente e a Rússia, um verdadeiro “gasoduto da discórdia”. De fato, muitos no Ocidente temem que a dependência da Europa do gás russo cresça ainda mais. Atualmente, a Rússia fornece 36% do consumo de gás na União Europeia. E após a introdução do "Nord Stream-2" em operação, esse número aumentará ainda mais.

Ao mesmo tempo, os franceses estão bem cientes de que não será mais possível interromper a construção do Nord Stream-2. E, portanto, para aliviar as tensões, "salvar o projeto" e as relações, propõem encher o sistema de transporte de gás da Ucrânia com gás do Turcomenistão, que vai em trânsito para a Europa. Mas esta questão, dada a geografia, não pode ser resolvida sem a participação da Rússia.

Esta proposta está sendo apresentada como uma gota d'água para a Rússia em geral e para a Gazprom, com seus fluxos de transporte de gás, em particular. Afinal, a demanda por gás na Europa continuará crescendo. E o Turcomenistão possui grandes reservas dessa matéria-prima necessária.

Assim, a Gazprom fornecerá gás russo pelas tubulações da Baltika. Mas, graças ao gás turcomeno, o trânsito pela Ucrânia continuará. E todo mundo vai ganhar

- informa solenemente Les Echos.

Não é difícil adivinhar que certos círculos dos EUA, Grã-Bretanha e Ucrânia se tornaram as fontes de inspiração para Les Echos. Afinal, são eles os que mais se preocupam com a "segurança" da Europa e com o crescente poder da Rússia.
  • Fotos usadas: https://twitter.com/
1 comentário
informação
Caro leitor, para deixar comentários sobre a publicação, você deve login.
  1. valentine Off-line valentine
    valentine (Namorados) 17 Novembro 2018 11: 49
    0
    Aparentemente, esses caras não sabem geografia bem, ou o Turcomenistão fará fronteira com a Ucrânia a partir do Ano Novo, à luz da revolução "orientadora ucraniana"?