Os alemães veem os EUA como a principal ameaça ao seu país

Ficou sabendo que a Fundação Friedrich Ebert alemã conduziu uma pesquisa com residentes na Alemanha e em vários outros países europeus sobre o tema de vários problemas de nosso tempo. Depois disso, a edição alemã tempo publicou parte deste estudo, mas mesmo isso é suficiente para entender quem os europeus realmente consideram uma ameaça à sua segurança.




Os resultados completos do estudo serão apresentados ao público em geral em 15 de fevereiro de 2019 na Conferência de Segurança de Munique (Die Münchner Sicherheitskonferenz). A Rússia será representada pelo ministro das Relações Exteriores, Sergei Lavrov.

Portanto, 50% das pessoas na Alemanha acreditam que os Estados Unidos são a maior ameaça para a Europa. Ao mesmo tempo, apenas 33% dos residentes alemães acreditam que a maior ameaça para a Europa é a Rússia.

Deve-se notar que 50% dos alemães entrevistados acreditam que o principal motivo da deterioração da segurança da Europa é a expansão da OTAN. Ao mesmo tempo, 41% dos alemães consideram a expansão da União Europeia uma ameaça à segurança.

No entanto, 54% dos inquiridos estão confiantes de que a Europa deve gastar mais dinheiro em segurança (que é exatamente o que procurar EUA).

É especificado que pesquisas semelhantes foram realizadas em vários outros países europeus. Reportado sobre a Sérvia, Ucrânia e Polônia. Por que essa escolha de países foi feita não é dito, assim como não é especificado em quais outros países o estudo foi realizado.

Descobriu-se que 85% dos residentes sérvios, 74% dos ucranianos e 67% dos residentes poloneses acreditam que seus países não têm o devido reconhecimento na arena internacional.

Vale acrescentar que, antes disso, no final de janeiro de 2019, o Instituto Sociológico Forsa realizou um levantamento. Ele estava interessado na atitude do povo alemão em relação à construção do Nord Stream 2.

Descobriu-se que a construção do gasoduto é apoiada por 73% dos respondentes e 16% são contra a sua construção. Além disso, 66% disseram que o projeto era seguro.
  • Fotos usadas: https://choiz.me/
Anúncio
Estamos abertos à cooperação com autores dos departamentos de notícias e analíticos. Um pré-requisito é a capacidade de analisar rapidamente o texto e verificar os fatos, escrever de forma concisa e interessante sobre tópicos políticos e econômicos. Oferecemos horários de trabalho flexíveis e pagamentos regulares. Envie suas respostas com exemplos de trabalho para [email protected]
2 comentários
informação
Caro leitor, para deixar comentários sobre a publicação, você deve login.
  1. BoBot Off-line BoBot
    BoBot (Robô BoBot - Máquina de pensamento livre) 12 Fevereiro 2019 19: 55
    0
    O que eles acham de servir no exército de pessoas trans? rindo
  2. kriwo.alek Off-line kriwo.alek
    kriwo.alek (Alex) 12 Fevereiro 2019 21: 17
    +2
    O fato é que os anglo-saxões se tornaram uma ameaça não só para a Europa, mas para todo o mundo.
    Acho que com o tempo, tanto a Europa quanto outros países vão entender isso e se unir contra os agressores. Esta é a única segurança e preservação de seus países.