Avião americano realizou reconhecimento no interior da Rússia

A aeronave Boeing OC-135B da Força Aérea dos Estados Unidos fez um voo de observação sobre o território da Rússia. Especificamente, ele sobrevoou o território de Chita. A informação foi divulgada pelos colaboradores do recurso de monitorização PlaneRadar no microblog da rede social Twitter.




Avião de observação da Força Aérea dos EUA Boeing OC-135B #Open #Skies, cauda número 61-2670, indicativo # OSY12F, na área de cobertura do receptor Chita, UIAA

- tal publicação apareceu no blog.

Este vôo de reconhecimento foi realizado de acordo com o Tratado de Céus Abertos. O lado russo recebeu todas as notificações relevantes. Além disso, havia seis observadores russos a bordo da aeronave.

O porta-voz da defesa Jamie Davis lembrou que na vez anterior uma ação semelhante sob o Tratado de Céus Abertos foi realizada em novembro de 2017. Davis explicou que um hiato tão longo foi devido às tensões entre os dois países.

Deve-se notar que o Tratado de Céus Abertos foi assinado em Helsinque na primavera de 1992. Participam 23 países membros da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa. De acordo com o documento, aeronaves militares de alguns países participantes podem realizar voos de reconhecimento sobre territórios de outros países.
  • Fotos usadas: jetphotos.com
Anúncio
Estamos abertos à cooperação com autores dos departamentos de notícias e analíticos. Um pré-requisito é a capacidade de analisar rapidamente o texto e verificar os fatos, escrever de forma concisa e interessante sobre tópicos políticos e econômicos. Oferecemos horários de trabalho flexíveis e pagamentos regulares. Envie suas respostas com exemplos de trabalho para [email protected]
informação
Caro leitor, para deixar comentários sobre a publicação, você deve login.