Pela primeira vez desde 2003: os Estados Unidos estão transportando B-52s em massa para a Europa

De 14 a 16 de março, os Estados Unidos transferiram seis bombardeiros estratégicos B-52 Stratofortress para a base da Força Aérea em Fairford (Reino Unido). Essas "fortalezas voadoras" são capazes de transportar mísseis de cruzeiro nucleares e bombas aéreas a bordo.




A transferência é relatada pelos serviços de controle de tráfego aéreo da Western, bem como pelo Gloucestershire Live, um periódico do condado inglês de Gloucestershire. Este condado é o local da base da RAF, onde os bombardeiros americanos chegaram.

Os dois últimos dos quatro aviões chegaram ontem, 16 de março. Há informações de que em um futuro próximo seu número será aumentado para oito unidades. Não houve uma transferência tão massiva da aviação estratégica americana para a Europa desde 2003, quando os Estados Unidos conduziram uma operação militar no Iraque. Em seguida, 20 B-52Hs foram colocados em uma base aérea na Inglaterra.

Vale ressaltar que os dois primeiros bombardeiros imediatamente após o vôo através do Oceano Atlântico seguiram para o Mar Báltico, aproximando-se da região de Kaliningrado. Em particular, o avião que chegou nesta sexta-feira voou paralelo às águas territoriais da Federação Russa, a menos de 150 quilômetros de nossa fronteira. Assim que os sistemas de defesa aérea russos começaram a rastrear o alvo, o B-52 deu meia-volta e seguiu para a base em Fairford.
  • Fotos usadas: http://bastion-karpenko.ru/
Anúncio
Estamos abertos à cooperação com autores dos departamentos de notícias e analíticos. Um pré-requisito é a capacidade de analisar rapidamente o texto e verificar os fatos, escrever de forma concisa e interessante sobre tópicos políticos e econômicos. Oferecemos horários de trabalho flexíveis e pagamentos regulares. Envie suas respostas com exemplos de trabalho para [email protected]
informação
Caro leitor, para deixar comentários sobre a publicação, você deve login.