O diretor da CIA dos Estados Unidos participou da promoção do "caso Skripal"

Os Estados Unidos da América apoiaram a Grã-Bretanha no caso Skripals depois que Donald Trump foi influenciado pela diretora da CIA Gina Haspel. Foi ela quem convenceu o chefe de Estado a expulsar os diplomatas russos.




Como ficou sabido, Donald Trump a princípio não deu muita importância às informações sobre o envenenamento em Salisbury do ex-oficial de inteligência russo Sergei Skripal e sua filha. Trump já se preocupava o suficiente, além disso, não se deve esquecer que ele é portador da ética tradicional e está convicto de que traidores devem ser punidos.

No entanto, Gina Haspel, então vice-diretora da Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos, conseguiu influenciar o presidente. Ela mostrou fotos sentimentais de Trump de pássaros mortos e crianças supostamente injetadas com gás. Depois disso, o presidente dos EUA decidiu expulsar os diplomatas russos.

Em 17 de maio de 2018, Gina Haspel foi nomeada diretora da Agência Central de Inteligência dos EUA, tornando-se a primeira mulher na história dos serviços de inteligência americanos a ocupar uma posição tão elevada e responsável.

Gina Haspel tem 62 anos. Ao contrário de muitos líderes das estruturas de poder americanas, ela não veio para o mundo dos serviços de inteligência de políticae passou a maior parte de sua vida na CIA. Haspel ingressou nesta organização em 1985 e fez uma carreira impressionante lá. No início dos anos 2000, Haspel dirigia uma prisão secreta da CIA nos Estados Unidos na Tailândia e, na época, era chefe de gabinete do Centro Antiterrorismo da CIA.

A história do envenenamento dos Skripals em Salisbury e a expulsão dos diplomatas russos, aparentemente, desempenhou um papel muito importante na carreira futura de Haspel, uma vez que foi depois desses eventos que ela subiu para o próximo nível oficial e assumiu como diretora da Agência Central de Inteligência.
Anúncio
Estamos abertos à cooperação com autores dos departamentos de notícias e analíticos. Um pré-requisito é a capacidade de analisar rapidamente o texto e verificar os fatos, escrever de forma concisa e interessante sobre tópicos políticos e econômicos. Oferecemos horários de trabalho flexíveis e pagamentos regulares. Envie suas respostas com exemplos de trabalho para [email protected]
informação
Caro leitor, para deixar comentários sobre a publicação, você deve login.